+ 55 (11) 94833-8783


No tutorial anterior, estabelecemos o objetivo de aumentar a frequência de nossa consciência, alterando o tom de chamada de nosso telefone, e usando isso como um lembrete para “Ser”. Mas por que precisamos de lembretes externos? Por que não podemos lembrar-nos de “Ser” simplesmente porque nós queremos “Ser”? A razão reside na nossa multiplicidade, em nossos muitos “Eus”. Neste tutorial, vamos examinar nosso campo psicológico como uma multiplicidade. Vamos sobrepô-lo a uma pintura de Jesus pregando às multidões, de Jan Bruegel. E vamos explorar como manter o objetivo apesar da nossa falta de unidade.